Não foi


Eu sei que aquela última mensagem te abalou de uma maneira que você não esperava. Eu sei que dói. Eu sei que dói ouvir de uma pessoa que você gosta tanto, e estão há meses se vendo com mais frequência do que casais aleatórios por aí, que ele não vê uma continuidade com você. 

Mas você já esperava por isso, não é mesmo? Você esperava por isso quando ele já não te mandava mensagem logo as 8h da manhã com o "bom dia" que te deixava feliz, as vezes elas chegavam só depois do almoço. Ou quando vocês saíam com amigos e ele escolhia sentar do outro lado da mesa longe de você. Ou quando ele já não te beijava ou demonstrava carinho mesmo escondido nas festas. Ou quando você mandava mensagem pra ele no sábado a noite perguntando se ele não queria te ver e recebia um "hoje não". Ou quando ainda, e essa você ficava puta que eu sei, ele te deixava em casa depois de uma festa e você perguntava se ele não queria ficar e ele dizia "tô de boa". 

Eu sei de tudo isso porque eu estava lá com você. Eu torcia para que desse certo. De verdade. Quem iria imaginar que fosse acontecer? E vocês faziam aquele tipo de casal diferente, pois cada um chegava no seu horário, ficavam no seu canto, conversavam com as pessoas, conversavam entre si como se nada tivessem e depois iam embora juntos. Aquele tipo de casal que parece que não estão juntos, mas todos sabem que estão. E tava tudo bem. 

Vocês também tinham tanta coisa em comum e muitas vezes pensavam tão igual e mandavam a mesma mensagem um para o outro que era assustador. É, eu sei que isso foi no começo. Mas ainda têm muita coisa em comum.

Eu não vim pra te lembrar de tudo isso porque eu sei que você se lembra de cada detalhe desde o início como uma boa pessoa de câncer. Mas eu queria falar pra você não ficar triste e não pensar no que foi e sim no que é. Sim, você pode desabafar quantas vezes você quiser e falar como tudo foi legal e eu vou ouvir e te falar que ele perdeu um mulherão da porra e você vai sorrir. Eu sei que você quer que ele seja feliz e creio também que ele quer o mesmo pra você, porque acima de tudo vocês ainda são amigos. É, as vezes, ele é insuportável como foi ontem. Mas você conhece o jeito dele e apesar de ficar brava na hora, depois passa. Ainda não passou? Entendo, mas depois do almoço passa. 

Eu também quero te falar uma ultima coisa antes de ir que pode ser um pouco mais duro. Segue sua vida sem ele, porque ele vai seguir a dele sem você. E tá tudo bem.

0 comentários:

Postar um comentário

My Instagram