O escaravelho do diabo - Lucia Machado de Almeida

abril 01, 2016

E havia também uma razão mais forte e mais profunda para que o moço gostasse da Medicina: ele sentia que a carreira o punha em contato com o sofrimento humano, proporcionando-lhe oportunidades de aliviá-lo. Sabia que era essa a mais íntima alegria que uma criatura pode ter, e que a dor deixa de ser triste quando nos aproximamos dela para a suavizar. - Página 25
O Escaravelho do Diabo faz parte do meu projeto para ler os livros (ou pelo menos boa parte deles) da Coleção Vaga-Lume que fez parte da infância de muitos adolescentes da década de 70, 80 e 90. Eu, infelizmente, nunca me interessei por esses livros mais por birra mesmo da bibliotecária da época que sempre falava para eu pegar algum livro dessa coleção - saudades Cecília!

Na história acontece vários assassinatos numa cidade do interior do Brasil e as vítimas escolhidas são ruivas e recebem um besouro em casa antes de serem mortas. O que não mencionei no vídeo, pois acabei esquecendo, é que cada besouro enviado é uma previa de mais ou menos como a pessoa será morta (sinistro!).

Alberto é estudante de medicina e seu irmão foi a primeira vítima desses acontecimentos e quer a todo custa ajudar a polícia a encontrar o assassino. Ele é o primeiro a fazer essa ligação dos besouros e as vítimas ruivas. A partir daí começa a caçada e desvendar os mistérios por tras dos assassinatos.




Editora: Ática | Lançamento: 1972 | Páginas: 128 | ISBN9788508145553 | Nota: 4/5 
Comprar: Amazon
Inscreva-se no canal!

Você também pode gostar

2 Comentários

  1. Li quando era pequeno e não me lembro de nada, nem com vc explicando toda a história, kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então está na hora de reler! É bem legalzinho ^^

      Excluir

Like Us on Facebook

Youtube