Porque choro

março 18, 2016


Choro por aqueles que não têm oportunidade.
Choro por causa dos tiranos do poder... Insanos!
Choro pelas famílias carentes enganadas por uma falsa esperança.
Aonde está a esperança que era da cor da bandeira?
Em quem confiar?
Choro na busca de soluções... Mas alguém passa por mim e não percebe nada, apenas estaciona seu carro a menos de 5 metros da esquina e sai chacoalhando seu molho de chaves.
Ô coitado!
Choro pelo desconforto que habita cada esquina. Cobertores no chão frio de uma madrugada...
Choro por ver o jovem rico podendo ter um futuro brilhante, trocando seus milhões por pedrinhas da morte e virando fumaça...
Choro pelas pessoas serem egocêntricas e ainda indagarem o quanto amam o próximo... Hipócritas!
Choro, percebendo que ainda não vi nada....
Chefes sendo ditadores, empregados escravos...
Corrupção?
Rio de lágrimas...
Sinto-me envergonhado quando agi sem pensar, pois então, também sou corrupto... Já que isto é iniciado nas pequenas coisas...
Eu? Apenas um lamentável subordinado.
Por que choro?
Choro por ainda ter esperança, mesmo não sabendo em que...
Choro ao lembrar quando eu era criança e podia brincar de pique na rua...
Mas hoje?
Choro, pois também tenho fome, não como aqueles cidadãos que recolhem sucata na porta de minha casa, mas com a mesma vontade de saciar. Dignos, aliás, muito mais do que os que estão no poder e acham que me representam...  Tenho fome de justiça e não sei onde a encontrar.
Choro, pois não culmino com o que muitos chamam de Partido... Não tenho nenhum.
Leis abolidas... triste história da vida real.
O que seguir?
Tenho casa, comida, recebo um salário mínimo. Sou um pacato cidadão de uma cidade interiorana .
Ainda prefiro acreditar que uma hora as coisas vão melhorar.
Que as portas das casas não serão mais trancadas à noite.
Em quem confiar?
Spray de pimenta, bombas de gás e fumaça...

Você também pode gostar

0 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube