Bicando o mamão

fevereiro 15, 2016



Lá vem ele rumo à sua recompensa
Enquanto o mamão amadurece
É Tangará cinzento que fica na espreita
Vai voando, assovia e assim cresce.

Ó pássaro azulado, escaldado de sutileza
Contorna o pomar do "Seu Chico"
Enquanto enobrece a natureza
O mamoeiro é bem visto

O dono espera
O verde, amarelo ficar
O outro logo prepara
Para no momento propício pousar

Lá vai "Seu Chico" colher o pequeno mamão
E o bichinho chega primeiro
A recompensa é maior do que o gosto do fruto
Pois a beleza transborda do pequeno faceiro...

O velhinho volta com as mãos vazias
Mas com os olhos cheios de felicidade
Nem o doce do mamão compra
A beleza da simplicidade

Fruto bicado
Tangará cantando
A semente cai na terra
E uma nova planta vai apontando

Bela ave alça voo
Quem sabe foi aninhar
Vai levando a mesma doçura
Que deixara... naquele lugar.

Você também pode gostar

0 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube