Metzengerstein - Edgar Allan Poe

janeiro 30, 2016


Nesse primeiro conto Poe narra como se fosse uma lenda húngara de duas famílias rivais, os Metzengerstein e os Berlifitzing (odeio não saber pronunciar corretamente esses nomes), e uma antiga profecia sobre um cavaleiro, um cavalo e a mortalidade de Metzengerstein triunfar sobre a imortalidade de Berliftzing. Se você não entendeu, não se preocupe que depois de ler o conto, ela fará todo o sentido.

O personagem principal é o Barão Frederico de Metzengerstein e acompanhamos sua vida desde o início dessa história e um cavalo fantasma - acho que essa é a forma mais breve de dizer o que acontece por aqui. 

Eu já tinha lido algumas coisas de Poe, mas só lembro vagamente do Barril de Amontilado e essa história não cativou tanto quanto a do barril. Não sei o que houve, ela me prendeu do começo ao fim, mas no final foi só um ok. Apesar de não ter lido quase nada do autor, sei que ele gosta de temas como loucura na natureza humana. Acho isso interessante, afinal o medo nada mais é do que nossa imaginação. Então vemos o jovem Frederico ficando louco e obcecado por esse tal cavalo indomável que aparece e o seu destino, fora o medo das outras pessoas sobre tudo isso.

Estou em dúvida de como farei nos próximos posts do projeto, porque conto é conto e não dá pra falar muito sem contar toda a história. Vou pensar com carinho como farei isso. Se você já leu, deixa seu comentário aqui sobre o que achou. Para ver os contos participantes clique aqui.

Você também pode gostar

0 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube