O Funeral

dezembro 18, 2015


Coração, talvez não o seja mais
Ferido, abatido e estagnado
Machucado, mas apenas um coração
Indeciso por pulsar...

Coração esquartejado
Sangra a dor que já não sente
Morrendo por viver
O que antes era amor

Coração na cabeça
Nada no peito
Mas a cabeça não pulsa,
E nem o peito bate

Coração que  não existe mais
Engavetado e destruído
Acabou o que poderia ser
Mas não foi...

Ó coração gelado
Morreu de quê e por quem?
Levou junto com ele este segredo...
Com velório, mas sem enterro
Choro, vela e caixão...

Você também pode gostar

0 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube