Sarah e o encontro (Parte I)

outubro 22, 2015


Sarah acordou cedo na manhã de domingo. Queria voltar a dormir, mas a ansiedade era maior que seu sono e certamente não iria conseguir. Sem contar que acabara de entrar o horário de verão e depois de ligar a internet do celular, viu que não eram 8 horas conforme o relógio mostrara anteriormente e sim, 9. Esse horário ainda iria atormentá-la mais tarde.

Levantando da cama, foi ao banheiro e logo depois de dizer bom dia ao pai, que estava na sala, foi à cozinha e preparou uma grande xícara de café com leite. Mais leite que café. Obrigada.

Voltando ao quarto e ainda de pijama, lembrou-se do livro anterior que tinha lido e a feito pensar várias horas no dia seguinte, uma leitura intensa e perturbadora. Mas excelente. Sabia que precisava comentar sobre ele antes de se arrumar e ficar bonitinha. Pegando a câmera e o tripé, sentou na cama e, com a caneca de café com leite, apertou o play e começou a falar. Sabia que não ia ficar um vídeo excelente, mas não conseguiria esperar por mais tempo e seus poucos, mas fiéis, telespectadores já estavam acostumados com seus vídeos sem maquiagem, então não teria nada a esconder. Depois de ter conseguido falar tudo o que queria, sabia que teria que cortar as divagações, mas estava satisfeita com o resultado. E aliviada por ter colocado tudo pra fora.

Levantando da cama, pegou seu caderno de organização e riscando o item que tinha acabado de fazer, viu que precisava gravar mais três vídeos antes de sair. Sem problemas, já estava acostumada com aquilo. Antes de começar as gravações, ouviu uma batida na porta, sua mãe perguntando se não ia na casa da vó para o almoço de domingo.

- Hoje não, mãe. Vou almoçar fora - Com um olhar maroto e um sorrisinho, a mãe deixou-a sozinha.

Indo à penteadeira e colocando a maquiagem básica que gostava de fazer sempre que ia sair, ouviu o carro com os pais e o irmão sair da garagem. Seria uma manhã solitária, se as mensagens do celular não parassem de chegar. Os amigos conversando de um lado, o grupo da academia que ela insistia em manter ali sem nenhum motivo e ele. Decidiu que naquela manhã, não iria mandar bom dia. Aparentemente ele estava dormindo. Esperaria.

No final do último vídeo, um pouco mais das onze da manhã, as mensagens começaram a chegar. Um sorrisinho apareceu em seus lábios, ele disse que estava lendo. Será que era pra agradá-la? Talvez. Disse que logo estaria ali com uma plaquinha com o nome dela. Seu coração disparou.

Um frio na barriga começou a invadi-la. Havia dois anos que não saia num encontro com ninguém. E provavelmente tinha perdido o jeito de paquerar, já que não flertava com ninguém há muito tempo. Mas isso foi uma opção dela conforme vivia se lembrando. 

Há duas semanas tinha entrado naquela rede social que gera muita controversa, mas não ligava. Era uma brincadeira e era engraçado dar coraçõezinhos para aqueles que chamavam sua atenção, na vida não é assim também? Na segunda semana ela encontrara um cara diferente dos que ela estava dando coraçõezinhos. Ela não sabe o que chamou sua atenção, mas deu-lhe um coração. Logo depois veio a mensagem de que eles se combinaram ou será que era gostaram? Nunca prestou atenção no que estava escrito naquela mensagem. Mas também nunca puxava conversa com ninguém. Sempre esperava que alguém dissesse oi. Muitos disseram e poucos foram respondidos. 

Foi ele quem mandou a primeira mensagem. Ela respondeu. Logo estavam tendo uma conversa muito boa e passaram para a troca de mensagens no celular. Um grande passo, este. Uma semana de bons dias, e qual é a boa de hoje e vários emoticons fofos foi o que sucedeu. Tinham a mesma idade e moravam perto um do outro. Ela gostava de conversar com ele

Voltando onde estava, foi terminar de se arrumar. Já estava ficando com fome e se arrependeu de não ter comido algo com o café. Mas agora não poderia fazer nada. Já estava na hora de descer na praça para encontrá-lo. Chaves, óculos, colírio, dinheiro e celular. Trancou a porta ao sair e foi-se.

Você também pode gostar

0 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube