Soneto de um desconcerto

junho 19, 2015

Vai com calma
O que é seu está logo ali
Não perturbe sua clara alma
Há um novo sol a descobrir

As cinzas nuvens estão carregadas
São gotas que dos seus olhos devem cair
Límpidas e iluminadas
Regarão um amor que vai surgir

Não deixe o que não pôde ser
Tocar seu coração e ele isto acolher
Pois o efêmero existe pra ir embora

Amanhã é outro dia
E o sol ainda irradia
A certeza de que chegou sua hora...

Você também pode gostar

0 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube