Folia

fevereiro 13, 2015


Folias de cinco noites fantasiadas de momentâneas expectativas.
Espumas, movimentos engraçados, riqueza de mentira e letras sem conteúdo.
Pessoas mascaradas de explícitas indagações que levam a minimização do eu.
Noites que emendam com o dia e dias que se tornam noites.
Nenhum apreço e muitos preços.
Valores que se perdem por minutos e conturbam o restante de toda a história.
São apenas alguns dias, poucos dias por uma vida inteira...
Tudo se acaba como os confetes derrubados nas ruas que impregnam com uma breve garoa.
Um ano para a alegria de cinco dias e cinco dias são necessários para acabar com um ano.
Pouco centrismo e altos egocentrismos...
Alegria? Muita...
Felicidade? Não sei...
Olê! Olá!
Tudo é passageiro enquanto não é eterno, e eterno quando passa e permanece. Apenas máscaras.
Caindo...

E tudo termina na fila da quarta-feira de cinzas...

Você também pode gostar

0 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube