A mais pura verdade e seis capítulos

fevereiro 22, 2015


As vezes a curiosidade fala mais alto e é preciso ter muito cuidado com isso. Esse conselho vale para todos os tipos de situações que aparecem na nossa vida. Principalmente quando você tem apenas seis capítulos de um livro em suas mãos.

Por horas eu fiquei pensando se pegaria pra ler esses capítulos ou não, pois não tinha a continuação. E se eu gostasse da história? Como faria para saber o que iria acontecer em seguida? Aí eu fiz o favor de ler a sinopse e aí, meus amigos, assim como para a Maysa, meu mundo caiu.

Gostei tanto da sinopse que algo se apoderou de mim e senti a necessidade de ler. Acho que vocês sabem o que aconteceu, não é mesmo? Pois, é. 

Na história Mark vai fazer a maior aventura de sua vida junto com Beau, seu cachorro e companheiro, antes de morrer. Mark tem câncer e deixou para trás seus pais e sua melhor amiga Jessie. Seu objetivo é subir o Monte Rainier.

Esse poderia ser mais um livro sobre câncer, mas mais do que isso, é um livro sobre viver. Foi o que senti, principalmente, lendo o sexto capítulo - quem leu pode entender o que quero dizer.

Agora, como ficarei? Estou imaginando todas as coisas terríveis e incríveis que podem acontecer com Mark e Beau nessa jornada. Será que Jessie, a única que sabe para onde eles foram, vai contar tudo para os pais de Mark e polícia? Será que Mark vai conseguir chegar até o topo do monte, já que jogou seus comprimidos fora? Como ele vai chegar até lá já que foi roubado e o único dinheiro que sobrou foram 20 dólares? 

Deixo minhas frustrações por aqui e um conselho: nunca leiam apenas seis capítulos de um livro que você sabe que vai gostar. Fica a dica.


Você também pode gostar

0 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube