Carta à papai noel

dezembro 19, 2014


-Ei Papai Noel!Onde está o presente que pedi? Talvez tenha me confundido com tantos outros pequenos que descansam ao lado da lareira e minha carta não tenha chegado ou a minha letra esteja muito difícil de entender.
Papai Noel,a cada natal te espero com menos esperança... Sinto que não estou certo o suficiente que o senhor exista.
Por que as outras crianças recebem o que pedem e eu continuo aqui?
Não entendo essa vida cheia de limites que caminho a cada instante... As ruas coloridas de luzes que acendem e se apagam... Estrelas de mentira e árvores gigantescas... Ou melhor, não entendia...
Mas digo com certeza que ainda peço meu presente.

Essa seria minhas únicas palavras já decoradas se o ultimo Natal não tivesse acontecido.
Caminhando nas ruas gélidas de Nova Iorque, fui procurar algum lugar para me esconder daquele frio acariciado pela neve...
Era um lugar lindo, que eu nunca tive coragem de entrar antes. Algo me instigava a seguir em frente.
Fui caminhando devagar pelo corredor todo iluminado, senti meu coração palpitar, já não estava mais com frio. Cada vez a luz se tornava mais clara dentro daquele alicerce. Foi quando vi a imagem daquela linda família: uma mãe com seu esposo que acariciava delicadamente o Filho em uma manjedoura...
No instante que o sino tocou, senti uma mão em meu ombro e ouvi uma voz:
-Filho vim te buscar.
Era um rosto que já estava sendo esquecido de minha inocente memória: era meu pai.
Aquela noite mudou a minha vida, foi a Luz de um Menino que nascera de novo dentro de meu triste coração. Era o único Natal que eu vivera de verdade em dez anos.
Meu presente foi entregue por aquele que eu já não acreditava: meu Papai Noel de verdade...
E quando eu perguntei a ele, porque demorou tanto pra me encontrar, meu pai em prantos me respondeu:
- Foi um Menino que disse que eu te encontraria aqui... Foi Aquele Lindo Menino que tinha uma voz celestial.  Ele sorrindo me disse vá buscar o teu Natal, ele se encontra logo ali contemplando  a Minha Sagrada Família.

Você também pode gostar

0 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube