Amor perfeito

setembro 26, 2014


É um amor que faísca entre esperançosas gotas de chuva.  Amor travesso, colorido e incoerente. Chega sem tempo e floresce de um botão. Esse amor que me enche de orgulho por ser único e singelo por natureza...
Fino zelo regado por minhas lágrimas...
Um amor capaz de despertar o que um dia acabou sendo esquecido e foi resgatado das aflições que o sufocavam...
O tempo fez com que ele criasse raízes e introvertido esqueceu-se de sorrir quando o sol iluminou-o. Mas sei que entre tantos alardes que se iniciam e findam ainda é um jeito estranho de ser amor.
Tão pequeno e ao mesmo tempo grande. Ambíguo e verdadeiro...
É o meu amor que cheio de defeito ainda é singelo e pode sorrir para o sol de um novo amanhã.
É esse o meu amor, um Amor perfeito...

Você também pode gostar

0 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube