O silêncio ecoa...

janeiro 29, 2014


O silêncio amarra as cordas vocais e tropeça no subconsciente...
O silêncio afaga os cabelos da menina solitária.
O silêncio enche os olhos de lágrimas daquele que nunca chorou...
O silêncio transborda o copo da água com paixão e castiga um coração.
O silêncio  confunde os inteligentes e mostra a resposta aos sábios.
O silêncio controla os descontrolados. Acorda, desacorda e nunca dorme.
O silêncio grita a vergonha dos que não a  possuem, o silêncio não tem vergonha.
O silêncio demora, mas quando vem fica... Fragmenta e solidifica.
O silêncio se transforma,  nos transforma... Oh! Silêncio analista.
Silêncio avaliador de sonhos, promissor de realidades e apaziguador de controvérsias...
Silêncio da pergunta já respondida...
Silêncio da escassez humana por gastar tempos escondendo um grito de fraqueza.
Silêncio enjaulado querendo escapar...
Silêncio das montanhas, da alma e  dos sonhos...
Silêncio que escapa e voa...
Silêncio que some no ar...


...No ar da mansidão da calma preocupante que dá sabedoria aos que querem encontrar a paz audível.

Você também pode gostar

1 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube