Não vá dormir

novembro 26, 2013


Dobre as cobertas, sinta o ar puro entrar pela fresta da janela.
Não durma demais, há mais que um mundo cheio de obstáculos para enfrentar.
Acorde! Hoje, 23. Amanhã... talvez 24.
Guarde o travesseiro, lave o rosto.
Sinta as gotas de água deslizar em sua face.
Olhe no espelho. Gosta do que vê? Dê um sorriso... Que belo sorriso! Não acha?
Não feche os olhos, é dia ainda... Se Espreguice.
Não volte a dormir, espera a Lua para sorrir e as estrelas que ainda tem a contar.
Veja o mensageiro dos ventos dançar na janela. Sinta a coreografia das vibrações dos sinaleiros.
Se perca por um momento e volte com  a força que parece não vir...
Conquiste o certo na busca pelo duvidoso, mas ainda não vá dormir.
Um dia termina quando falta coragem...
E a coragem vem quando a força se esconde...
Ainda não feche a janela. Converse no silêncio e descanse.


Você também pode gostar

0 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube