Meu jardim

outubro 22, 2013


Quero um jardim só pra mim...
Onde as pessoas não possam subir nas árvores para apanhar as orquídeas.
Quero um jardim pra que eu possa regá-lo toda manhã, e sentir a grama orvalhada sob os meus pés.
Vou colher meus próprios frutos, plantados com muito esforço ao longo das intempéries.
Será merecedor das somas dos meus dias aquele que entende que toda grama é verde e que basta cada um cuidar bem da sua labuta...
O solo já está sendo preparado, rico em nutrientes, é o meu jardim. Começo depositando com humildade o adubo de tudo de bom que Deus me deu.
Arquitetarei cada canto conforme as sementes forem germinando. Muitas mudas serão plantadas, outras replantadas.  Fato é que, quem não tem tempo de cuidar do próprio jardim arruma espaço para plantar ervas em outros.
Meu jardim será maravilhoso!  As sementes estão brotando.
Algumas plântulas já são notadas. Cada pedacinho de história escondida nos botões...
Minhas lágrimas foram espalhadas nas flores que estou cultivando, e aquelas que vingarão são as que realmente devem ficar.
Meu jardim ainda não está completo, pois sei que sempre há algo a mais que precisa ser feito. Está apenas começando.
Meu jardim só será visto por aqueles que seleciono, não com o dedo , mas com o coração.
É triste ter que escolher, duro ainda é não ter opção.
Meu jardim todos podem entrar, mas poucos farão parte dele.
Infelizmente, não quero ser radical, mas não posso ser omissa aos fatos. Nem todas as plantas são inofensivas. É necessário ter cautela.
Bem–vindos ao meu jardim queridos!
Apenas prestem muita atenção:
Meu jardim só tem entrada, mas não tem saída...

Você também pode gostar

0 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube