Caminho do vento

julho 04, 2013


Se você debruçar na janela verá como o dia é belo.

Se acreditar ser um anjo, não deixe de voar, talvez suas asas estejam escondidas.

Abasteça o combustível de suas convicções e solte sua criatividade.

Se quiser compartilhar algo não hesite em fazê-lo, existem pessoas que precisam acreditar em alguma coisa.

Quer conquistas? Corra atrás e lute; a distância do que foi e o que será é mínima pra deixar pra depois.

Se demorar 60 segundos pra sorrir, reduza-o em 1 minuto e determinará o seu relógio.

Se ainda não entende as pessoas, comece decifrando a si mesmo.

Se estiver esperando um telefonema, ligue... Pessoas não lêem pensamentos.

Se transforme cada dia, pois o dia que nasce só permanece uma vez.

Não faça de sua liberdade um cárcere, se liberte do que lhe prende.

Se seus sonhos parecerem longínquos não pegue atalhos... 

Colecione as pedras do caminho. Elas fazem parte da jornada que está destinada a cada um.

As folhas caídas das árvores podem lhe indicar a direção. Observe-as...

Saia da janela e corra para alcançar a calma!

Se não alcançá-la grite! A voz pode ser fraca, mas o grito sempre é forte.

Sussurrarei ao seu ouvido e acariciarei os seus cabelos...

Tenha coragem de ser fraco para aprender a ser forte.

Feche a janela e tranque a porta. 

Não olhe pra trás... Já sente a leveza?

...Sou eu, o vento...


Você também pode gostar

0 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube