Muito jovem

maio 13, 2013



Não serei jovem a vida inteira, como minha infância um dia isso passará.
Desentendo como poderia ser diferente se eu enfrentasse mais as circunstâncias e esquecesse o medo.
Creio que trago a chave de minha emancipação, mas acho que dependo de vários cadeados que estão estourados por aquilo que não aconteceu.
Descobri que não sou eu quem ouve, mas quem me vê e pensa que estou bem, mas minha felicidade não depende do outro, pois começa em mim , naqueles momentos que rio como uma louca, ou que mostro um sorriso forçado para querer agradar alguém.
Ser jovem é tão difícil num mundo ilimitado de falsas liberdades, onde cada um é mais um que se mistura com os entrelaçados dos fatos mantidos em sigilo.
Perder tempo? Ainda não sei... Passo tantas horas dormindo a fim de sonhar que tudo é perfeito e que eu posso modificar o que me aflige.
E fico aflita, ser jovem é tão complicado quanto equilibrar em uma corda a ponto de não cair.
Tenho dúvidas no que serei um dia, pois as curvas me deixam tonta e enobrecem minhas incertezas, porém a única certeza que tenho é que não tenho certeza de nada.
Sou muito jovem para ter tantas preocupações. E tão velha a ponto de regredir deixando que o orgulho tome conta de mim. Como se fosse um copo preste a transbordar onde me afogo em meio às preocupações.
Chorar de vez quando? Isso faz parte... Tenho que lavar a alma e lembrar que o jovem é tão sensível mesmo tentando ser forte e duro consigo mesmo.
Sou muito nova para pausar o meu eu que se passa entre as contas do relógio, nos traços físicos de meu rosto...
Sou jovem pra ficar parada, para não sonhar acordada e não correr riscos.  Estou entediada por conformar pelo que ainda não sei....
Quero me aventurar por aí com a sabedoria de fazer o certo e a verdade de dizer em minha velhice, se chegar lá: consegui!
Sou Jovem ...
...Muito jovem pra entender a minha juventude... 


Você também pode gostar

0 Comentários

Like Us on Facebook

Youtube